Dieta do Ovo – Como fazer, Vantagens e Desvantagens!

Uma das dietas que têm ficado no centro de interesse de quem quer perder peso é a Dieta do Ovo. Nela, as pessoas que consomem uma quantidade definida de ovo cozido, sendo ele o substituto de diversos alimentos calóricos. Alguns dos que já aderiram garantem que, em duas semanas, eliminaram 10 kg, o que é um resultado indiscutivelmente bom.

Entretanto, essa dieta também tem suas restrições, não sendo a melhor para todas as pessoas: depende de como é a rotina e da condição de saúde, além de quantos quilos espera-se eliminar.

Como é a Dieta do Ovo?

Nessa dieta, as pessoas ingerem um ovo cozidos alguns minutos antes de fazer as suas refeições, excetuando-se o café da tarde: trata-se apenas das três refeições principais. Pode-se consumir qualquer tipo de ovo, seja ele o vermelho ou o branco, mas não se pode colocar excesso de tempero nele porque isso vai transformá-lo em uma comida calórica.

O indicado é que se coloque somente folhas para temperá-lo, como o orégano, além de um pouco de azeite. Não se recomenda temperar usando sal e, na realidade, as pessoas que gostarem do ovo puro podem comê-lo até sem qualquer tempero, o que pode ser melhor. Além disso, deve-se comer o ovo inteiro.

O que a Dieta do Ovo traz de vantagens?

Um dos componentes que estão na clara do ovo é a chamada albumina: muitos devem ter visto essa substância nos rótulos de suplementos e, realmente, ela é um dos que os atletas mais consomem. Além disso, existem diversos aminoácidos completos em cada ovo e esse é um alimento que é muito bem digerido, ou seja, é difícil que quem os consome tenha algum problema estomacal.

Aliás, é por isso que ele pode ser comido três vezes ao dia por quem está nessa dieta. Reforça-se que os ovos também concedem bastante energia, sendo por isso que os atletas já o incluem na alimentação há muitos anos.

Click aqui e conheça detalhes sobre a dieta low carb!

Quem não deve realizar a Dieta do Ovo?

As pessoas que têm níveis altos de colesterol não podem consumir tanto ovo e, desse modo, essa não é a dieta recomendada para eles. Outras pessoas que não devem fazer essa dieta são as que que têm diabetes, bem como as que têm condições como problemas hepáticos e também problemas nos rins, assim como osteoporose e aqueles que têm alergia ao ovo.

Até aqueles que não têm quaisquer desses problemas de saúde precisam falar com um médico antes dessa dieta. Recomenda-se tratar com um endocrinologista para que ele confirme, por intermédio de exames laboratoriais, que não há doenças desconhecidas antes de permitir a Dieta do Ovo.

Alimentação adequada

Os ovos só poderão ser consumidos tantas vezes diariamente se o resto das refeições for balanceado e com nível baixo de gordura. Não sendo desse modo, o que o indivíduo conseguirá é um acúmulo de calorias, inclusive sendo preciso que haja exercícios físicos em alguns dias da semana, mas sem perder a regularidade. O endocrinologista até poderá recomendar certos exercícios.

Conheça nosso artigo sobre como fazer dieta para perder barriga!


Recomendados para você


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *